Pós Graduação | Unipublica Brasil

Pós Graduação em

Atendimento em Unidades Básicas de Saúde

Objetivo

Faça sua pré-matricula ou registre seu interesse

Área de Conhecimento

Saúde

Disciplinas

a) Concepções e legislação em EaD.
b) Ambiente Virtual de Ensino-Aprendizagem.
c) Ferramentas para navegação e busca na Internet.
d) Metodologias de estudo baseadas nos princípios de autonomia, interação e cooperação.

a) Histórico da farmácia clínica
b) Áreas de atuação da farmácia clínica
c) Atuação profissional em farmácia clínica
d) Situação da farmácia clínica e tendências
e) Princípios e conceitos da atenção farmacêutica
f) Planejamento da atenção farmacêutica
g) Seguimento fármaco terapêutico
h) Planejamento fármaco terapêutico
i) Princípios e conceitos da semiologia farmacêutica
j) Terminologia médica
k) O raciocínio diagnóstico farmacêutico
l) Sinais e sintomas mais importantes para um farmacêutica
m) Processos infectocontagiosos sazonais
n) Patologias características da mulher
o) Processos patológicos infanto-juvenis
p) Patologias frequentes nos idosos

a) Serviços e ações do SUS
b) Amparo constitucional da saúde no Brasil
c) Lei orgânica do SUS
d) Pacto pela saúde
e) Regulação de serviços e ações da saúde
f) Rede de atenção à saúde e a políticanacional de atenção básica
g) Protocolo de cooperação entre entes públicos
h) Planejamento em saúde
i) Controle de ações e serviços de saúde
j) Contrato organizativo da ação pública de saúde (COAP)
k) Controle em ações e serviços da saúde
l) Controle social em ações e serviços de saúde
m) Histórico da auditoria e avaliação em ações e serviços da saúde
n) Princípios fundamentais de auditoria no setor público
o) Auditoria em ações e serviços da saúde
p) Sistema de regulação, controle e avaliação nas ações e serviços de saúde

a) Morbimortalidade no processo reprodutivo humano e na situação ginecológica
b) Tipos de morbidade
c) Implicações fisiológicas e psicológicas do ciclo menstrual e da gestação
d) Assistência de equipes multidisciplinares
e) Programa Rede Cegonha
f) Planejamento familiar
g) Cuidado com os principais agravos da saúde da mulher
h) Problemática da saúde da criança e do adolescente no Brasil
i) Indicadores de morbimortalidade nacionais em saúde da criança
j) Determinantes de morbimortalidade infantil e juvenil
k) Programa de atenção à saúde da criança e do adolescente
l) Assistência à saúde da criança e do adolescente nas unidades de ESF
m) Membros da equipe de saúde e da família
n) Promoção e proteção do crescimento e desenvolvimento infantil
o) Ações da clínica e do cuidado nos principais agravos da saúde da criança e do adolescente
p) Atenção integrada às doenças prevalentes na infância

a) Riscos ocupacionais e otimização do ambiente laboral
b) Abordagem ergonômica do trabalho
c) Normas regulamentadoras do trabalho (NRs)
d) Considerações críticas e limites da ergonomia
e) Evolução histórica da segurança do trabalho
f) Segurança no trabalho
g) Classificação dos riscos ocupacionais
h) Vigilância em saúde e a saúde do trabalhador
i) Investigação dos acidentes e incidentes de trabalho
j) Avaliação dos acidentes e incidentes de trabalho
k) Teorias sobre acidentes
l) Embargo e interdição
m) Qualidade no sistema de gestão da segurança ocupacional
n) Certificação e acreditação
o) Certificação de sistemas de gestão de segurança e saúde no trabalho
p) SESMT e CIPA

a) A origem do Pensamento Cientifica
b) O mito
c) A Filosofia Grega
d) O senso comum
e) O que Ciência?
f) A ciência no mundo moderno: os racionalistas
g) A ciência no mundo moderno: os empirista
h) As Ciências no mundo Contemporâneo: o surgimento das especificidades
i) O que o método cientifico
j) Os diferentes métodos científicos por áreas de saberes
k) O tema, o problema, a hipótese a metodologia como montar um projeto cientifico
l) No mundo do Fake News como o método cientifico é importante para analisar a realidade
m) A escrita de um projeto cientifico cuidados necessários , o texto argumentativo
n) As Norma da Abnt

a) As referência conceituais para o estudo das políticas públicas
b) Definição e formação da agenda de Politicas Publicas
c) Processo de formulação Politicas Publicas
d) Condicionantes, instituições e atores das Politicas Publicas
e) Processo de implementação Politicas Publicas (de ordem técnica e política)
f) Avaliação de resultados (mecanismos de mensuração, monitoramento e controle por parte do Estado e da Sociedade das Politicas Publicas
g) A evolução histórica das políticas da saúde no Brasil, analisando o contexto político brasileiro e internacional, a influência das agencias internacionais
h) A relação entre o controle social e a formulação das políticas públicas de saúde no Brasil
i) As relações entre direito sanitário e políticas públicas: Das desigualdades sociais e desigualdades no acesso e utilização dos serviços de saúde
j) O relacionamento público–privado no setor saúde brasileiro
k) A evolução do setor suplementar de saúde e da política de regulação deste setor
l) Gestão privada, por meio de parcerias com OSCIP – Organização da Sociedade Civil de Interesse Público e, OSS- Organização Social de Saúde
m) Parcerias público privadas em saúde

a) Infecções hospitalares
b) Segurança nos serviços de saúde
c) Identificação dos riscos
d) Infecções relacionadas à assistência
e) Ações de prevenção das IRAS
f) Vigilância dos riscos
g) Avaliação e monitoramento em saúde
h) Vigilância das infecções hospitalares
i) Prevenção e detecção de infecção hospitalar
j) Diagnósticos das IH
k) Medidas de prevenção de IRAS
l) Infecção da corrente sanguínea e cirúrgica
m) A legislação frente às IH
n) Portaria nº 2.616/1998
o) Vigilância das infecções hospitalares
p) Qualidade, acreditação e infecção hospitalar

a) Identidade nacional e relações étnico-raciais
b) Colonialismo e Educação
c) A Construção da Identidade Nacional e a problemática étnico-racial brasileira
d) A Construção do Mito da Democracia Racial – uma Pedagogia do Silêncio
e) Conceito de raça, racialização e etnia
f) Relações étnico-raciais no Brasil contemporâneo
g) Racismo e desigualdades: plano estrutural; plano simbólico
h) Educação e desigualdades étnico-raciais
i) O Racismo e a Educação nos espaços institucionais e formativos brasileiros
j) Relações sociais e étnico-raciais. África e Brasil, semelhanças e diferenças em suas formações
k) Preconceito, estereótipo, etnia, interculturalidade
l) A Educação indígena no Brasil, historicidade e perspectivas teórico-metodológicas
m) Ensino e aprendizagem na perspectiva da pluralidade
n) Interculturalidade, Multiculturalismo e Transculturalismo
o) A Lei 10.639/03 e das Diretrizes Curriculares para Educação das Relações Étnico-Raciais
p) Educação e Africanidades no Brasil 3.3. As Políticas de Ações Afirmativas Políticas Educacionais de Ações Afirmativas e a desconstrução da Pedagogia do Silêncio e da insensibilidade

a) Atenção à saúde
b) Políticas de saúde para públicos específicos
c) Saúde do homem
d) Condições crônicas de saúde
e) Pactos políticos e programas
f) Contexto sociopolítico da política pública de atenção ao idoso no Brasil
g) Política nacional de saúde da pessoa idosa
h) Indicadores de envelhecimento no idoso
i) Relação médico paciente
j) Relação médico paciente e a atenção humanizada
k) Estratégias de saúde da família
l) Núcleos de apoio e assistência
m) Família como centralidade nas políticas públicas
n) Envelhecimento biopsicossocial e ambiental
o) Planejamento de ações na saúde
p) Avaliação de ações/riscos em saúde do homem

a) Fundamentos dos sistemas de informação aplicados à saúde
b) Comunicação de Dados em Sistemas de Informação
c) Documentos Eletrônicos. Linguagens de Descrição de Dados
d) Principais tecnologias e tendências de sistemas de informação em saúde
e) Registro eletrônico de Saúde
f) Tendências emergentes dos diversos sistemas de informação, tecnologias e aplicações utilizadas no contexto da saúde
g) Características, pontos fortes, desafios, objetivos e impacto sobre os pacientes, populações e os profissionais de saúde
h) Fatores que influenciam a adoção e o uso de vários sistemas e tecnologias de informação clínica e de Saúde
i) Prática de Sistemas de Informação. Linguagens de descrição de dados. Números Binários. Inteiros.
j) PXML. PDF
k) Principais tecnologias de informação e sistemas de informação em saúde pública, tais como registros de saúde eletrônicos integrados, compartilhamento de informações de saúde
l) Sistemas de informação em saúde – considerações gerais; Barreiras na implantação de SI em Saúde
m) Fatores determinantes na adoção de SI em Saúde
n) Principais sistemas de informação em saúde pública – SIM, SINASC, SINAN, SIAB e outros
o) Tendências emergentes: data mining e análise preditiva, dispositivos de tecnologia vestíveis, big data, IOT, business intelligence

Especialização
Regular

$147

  • 380 Horas
  • Parcelamento até 18x
  • Duração 12 Meses
  • Valor Total R$ 2.646,00
Matricule-se

Especialização
Intensivo

$197

  • 380 Horas
  • Parcelamento até 12x
  • Duração 6 Meses
  • Valor Total R$ 2.364,00
Matricule-se